CARRAPATOS

A espécie de carrapatos que devemos nos preocupar no Rio de Janeiro é a do Carrapato vermelho.

CARRAPATOS

Pragas urbanas: Carrapatos

CARACTERÍSTICAS:

Os carrapatos são aracnídeos de 8 patas. Possuem cor avermelhada. Adultos que não tenham tomado uma refeição de sangue medem cerca de 3mm. Fêmeas em jejum medem cerca de 4,5mm, cheias de sangue chegam até 13mm e passam a ter coloração cinza.

HÁBITOS E ALIMENTAÇÃO:

O carrapatos são parasitas externos de animais domésticos e silvestres. E se necessário, podem se alimentar até do sangue de pessoas.

Gostam de locais quentes e escondidos, e posssuem hábitos diurnos. Vão ao ambiente em todas as fases do ciclo de vida, mas sempre retornam ao hospedeiro ou um novo hospedeiro para se alimentar do seu sangue.

Dentro das residências, os carrapatos podem ser vistos embaixo de móveis, em carpetes e tapetes, nos cantos das paredes e do teto, em cortinas e nos locais onde o animal deita e circula, em todas as fases do seu ciclo de vida.

Diferentemente das pulgas, carrapatos podem ir até o teto atrás de abrigo, sendo vistos inclusive em telhados. Infestam tanto áreas externas quanto áreas internas. Infestam casas geralmente através do próprio animal, que teve contato com outro animal infestado ou depois de andar em locais como praças, florestas e bosques.

Adultos conseguem viver até 200 dias sem se alimentar de sangue se for necessário, o que demonstra sua resistência.

REPRODUÇÃO:

A fêmea adulta dos carrapatos assim que conseguir um hospedeiro disponível, fará sua primeira refeição de sangue e acasalará com um macho adulto. Os ovos são colocados geralmente em volta de rodapés, batentes de portas e janelas, atrás de cortinas, embaixo de móveis e nas bordas de tapetes.

Os ovos dos carrapatos eclodem em alguns dias. As larvas vão subir no hospedeiro para se alimentar de sangue e em seguida voltam ao ambiente para fazer sua muda e mudar para a próxima fase. Na fase de ninfas repetem o mesmo processo e chegam a fase adulta. Carrapatos na fase de larva e ninfa já possuem a aparência de um carrapato adulto.

SINAIS DE INFESTAÇÃO DE CARRAPATOS

Primeiro inspecione seus animais por carrapatos, principalmente se estiverem se coçando mais do que o normal.

Carrapatos preferem as áreas mais escuras e úmidas do corpo do seu animal, portanto não deixe de procurar embaixo de coleiras, embaixo do rabo, embaixo das pernas, na virilha e entre os dedos. Não se esqueça de examinar atentamente dentro e atrás das orelhas e em volta dos olhos, já que são os locais preferidos dos carrapatos.

A fêmea dos carrapatos, quando cheia de sangue, fica gigante e com cor acinzentada, se tornando muito facil de se identificar.

Depois inspecione toda a sua família, como carrapatos necessitam de sangue para se reproduzir, vão estar pendurados em algum hospedeiro. Se não for no animal, será nas pessoas. Cheque também seu cesto de roupas sujas, principalmente se você teve contato com seu animal ou onde ele costuma ficar na casa.

Passe um aspirador de pó em todo o piso da casa. Principalmente em carpetes e tapetes, embaixo de móveis, em cortinas, encontros do piso e perto de rodapés. Pegue a sacola do aspirador e veja se aparecem carrapatos em qualquer fase do ciclo. Você vai conseguir identificar larvas e ninfas facilmente. São semelhantes a um carrapato adulto, porém menores.

Procure pelos ovos dos carrapatos. Ovos são colocados geralmente em volta de rodapés, batentes de portas e janelas, atrás de cortinas, embaixo de móveis e nas bordas de tapetes. Procure também nos cantos do teto e no alto das paredes. Carrapatos fêmeas costumam subir em busca de locais escondidos e protegidos para por seus ovos.

Leia mais sobre como identificar uma infestação de carrapatos.

RISCOS DE UMA INFESTAÇÃO DE CARRAPATOS

Os carrapatos são os sendo os segundos maiores transmissores de doenças humanas (perdendo apenas para o mosquito). E algumas são muito graves, e infectam tanto animais domésticos como pessoas.

Conheça algumas das doenças transmitidas por carrapatos:

Hemobartonelose: É geralmente transmitida por carrapatos, mas pode também ser transmitida por pulgas. Ataca as células sanguíneas do animal e podem ter sintomas mínimos ou severos. Se severos, podem causar anemias que geram perda de peso e batidas cardíacas aceleradas. Podem ser transmitidas para gatos e cachorros. Pode levar o animal a óbito.

Doença de Lyme: Transmitido por algumas espécies de carrapato, é uma infecção nos tecidos que tem a fraqueza, fadiga, falta de apetite, febre, vômitos, depreção e outros sintomas em cachorros. Pessoas apresentam uma erupção cutânea, além de dor nas articulações e inchaço. Pode ser muito séria tanto para pessoas como animais domésticos.

Febre maculosa: Em cachorros, a doença aparece de repente, com sintomas severos por cerca de duas semanas. Por ser uma doença zoonotica, pode também ser transmitida para pessoas. Pessoas apresentam como sintoma uma erupção vísivel na pele, já os cães não.

Anaplasmose: É uma infecção nas células brancas sanguíneas. Ataca tanto cães como gatos, e pode ser transmitida para pessoas através da picada do carrapato. Seus sintomas incluem falta de apetite, fadiga, letargia, dor de pescoço entre outros. Você pode notar claramente o animal “triste” e muito quieto. Em alguns casos acontecem o animal expele sangue pelo nariz e urina em decorrência da doença. O que pode ser grave.

Leia mais sobre doenças transmitidas por carrapatos.

MAIS INFORMAÇÕES

Dedetização de carrapatos
Leia mais sobre o nosso tratamento contra carrapatos.

Blog das pragas: Carrapatos
Dicas, curiosidades e fatos sobre os carrapatos.

Dúvidas frequentes sobre os carrapatos
Veja as dúvidas mais frequentes dos nossos clientes sobre carrapatos.

ESTÁ TENDO PROBLEMAS COM CARRAPATOS?

Solicite agora mesmo seu orçamento online gratuito e deixe a nossa equipe cuidar do problema para você.

PROBLEMAS COM CARRAPATOS?

Solicite agora mesmo seu orçamento online gratuito e deixe a nossa equipe cuidar do problema para você.