Tudo sobre o ciclo de vida dos ratos

Tudo sobre o ciclo de vida dos ratos

Vamos falar um pouco sobre o ciclo de vida das principais espécies de ratos que encontramos no Rio de Janeiro:

Camundongos, ratos de telhado e ratazanas. Cada espécie tem suas características próprias de reprodução e desenvolvimento desde as fases mais jovens. E para a sua segurança, é bom saber um pouco mais sobre o poder de reprodução dessas pragas. 😉

Como funciona o ciclo de vida dos ratos?

Ratos são umas das pragas mais bem adaptadas aos seres humanos e também umas das pragas mais fascinantes. E perigosas, graças à sua capacidade de transmitir doenças. 😳

Aprenda um pouco mais sobre o ciclo de vida de cada espécie e entenda porque são tão bem adaptados as grandes cidades e porque são conhecidos por serem um dos maiores reprodutores do mundo das pragas urbanas:

CAMUNDONGOS

Uma única fêmea pode gerar mais de 40 novos camundongos em apenas um ano!

Quando uma fêmea acasala e entra em gestação, demora somente cerca de 20 dias para dar luz a uma ninhada. Cada ninhada tem cerca de 6 camundongos filhotes.

Em alguns casos podendo chegar até 12 filhotes em apenas uma ninhada. Uma fêmea será capaz de fazer entre 5 e 10 ninhadas por ano, isso graças a sua capacidade de se reproduzir novamente logo após gerar novos filhotes. Ou seja, em pouco menos de 1 mês, ela já pode ter uma nova ninhada.

Os filhotes de camundongos nascem sem pelos, orelhas e são cegos. Como são tão indefesos, a camundongo mãe vai cuidar dele por cerca de 3 semanas. Durante esse periódo, os filhotes se desenvolvem rapidamente, em alguns dias começam a desenvolver as orelhas, em menos de uma semana já começam a crescer pêlos e antes de completar duas semanas já possuem pêlo por quase todo o corpo.

Por último, vão conseguir abrir os olhos, depois disso, já se assemelham muito a um camundongo adulto. Depois de 3 semanas completas, param de mamar e saem do ninho. Neste momento começam a roer móveis e objetos diversos, e a se alimentar dos nossos alimentos.

Depois de completar 6 semanas de vida, o camundongo fêmea já é capaz de se reproduzir e dar continuidade ao ciclo de vida dos camundongos.

Camundongos são excelentes reprodutores. Graças a sua capacidade de se reproduzir rapidamente e também pelo fato das fêmeas ficarem escondidas de predadores naturais enquanto fazem suas ninhadas. Vivem em média de 12 a 16 meses.

RATO DE TELHADO

As fêmeas dos ratos de telhado depois de acasalarem entram em período de gestação, que dura cerca de 3 semanas. A cada ninhada gerando em média entre 6 e 8 novos filhotes, podendo fazer até 4 ninhadas por ano.

Suas ninhadas são feitas dentro dos seus ninhos, que dentro das casas, são geralmente nos telhados e no sótão das casas. Utilizam revistas, jornais, folhas, galhos ou oturo tipo de material disponível que possam carregar para fazer seus ninhos. Sempre em locais escondidos e protegidos de pessoas e predadores. Ratos de telhado costumam fazer seus ninhos em locais altos.

Assim como os camundongos, os filhotes dos ratos de telhado nascem sem pêlo e cegos (com os olhos fechados). Os filhotes começam a se desenvolver com o passar dos dias, em duas semanas, abrem os olhos. Dentro de 4 semanas já são desmamados. Somente depois de cerca de 3 meses de vida vão se tornar independentes.

Na fase adulta, os ratos de telhado continuarão utilizando os ninhos de sua mãe durante o dia, enquanto se escondem. Não costumam mudar de habitat. Os adultos possuem hábitos noturnos e saem para se alimentar a noite. Evitam sempre o contato com pessoas.

Os adultos possuem cor preta ou acinzentada. São onívoros, se alimentam de praticamente qualquer coisa, incluindo sementes, frutas, cereais, carnes e até insetos. 😱

RATAZANAS

Uma fêmea ratazana nas condições ideais, é capaz de produzir até 5 ninhadas por ano. Depois de acasalarem, entram em período de gestação por 3 semanas. Cada ninhada das ratazanas possui geralmente cerca de 7 novos filhotes. Porém em alguns casos chegaram até 14 filhotes em uma única ninhada.

Em cerca de 5 semanas, os filhotes atingem a maturidade sexual, e já podem reproduzir novamente.  😨

Os adultos vivem em uma hierarquia bem definida, com ratos dominantes em relação a outros. Se escondem em tocas ou túneis subterrâneos (fazem geralmente essas tocas nos quintais das casas) e dentro de redes de esgoto.

E se forem encurralados ou necessitarem de defesa, podem se tornar agressivos. São a espécie mais agressiva e forte entre as 3 espécies mais encontradas no Rio de Janeiro.

Uma ratazana pode viver até 3 anos, mas geralmente vivem cerca de 1 ano. 😉